Mobilização contra o Aedes aegypti esta semana será no Dr. Fábio

A intensificação das ações de combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus prosseguem em Cuiabá esta semana, nos bairros Dr. Fábio I e II. Nos dias 23 e 24, agentes de combate a endemias (ACE’s) e agentes comunitários de saúde (ACS) estarão visitando imóveis, orientando moradores e comerciantes, realizando o tratamento com larvicida em 100% dos depósitos e, a pulverização com veneno, quando necessário.

Essas ações são emergenciais e já aconteceram nos bairros Pedra 90 em dezembro do ano passado, Dom Aquino e Cidade Alta (este mês), vários condomínios residenciais, instituições de ensino superior, Praça da Mandioca,  Sesi Papa, Arena Pantanal e Dom Aquino. Até agora, já foram visitados 19.138 imóveis, entre eles, unidades da Prefeitura de Cuiabá e órgãos públicos, terrenos baldios, e outros. A meta é visitar até o mês de março, 24.110 imóveis.

Nos bairros Dr. Fábio I e II, segundo dados do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), este ano foram notificados até o dia 16 deste mês, três casos de dengue e oito de zika vírus.

Na semana passada, o CIEVS divulgou mais um Boletim Semanal da Dengue Chikungunya e Zika Vírus. Desta vez referente ao período de 07 a 13 de fevereiro. Nesse período, foram notificados em Cuiabá 17 casos de dengue, um de chikungunya e 26 de zika vírus. Todos esses casos se referem a pessoas que residem na capital.

Em 2016 já foram notificados ao CIEVS 471 casos de dengue e 23 de chikungunya. Em relação ao zika vírus foram notificados 104 casos em gestante e 1.249 casos em outras pessoas.

Entre os bairros com maior número de notificações estão o CPA III com seis casos de dengue, 20 de zika vírus e um de chikungunya, na Regional Norte; o Pedra 90 com 31 casos de dengue e 205 de zika vírus, na Regional Sul; Dom Aquino com 19 casos de dengue e 45 de zika vírus, na Regional Leste e o Centro com 5 casos de dengue e 30 de zika vírus, na Regional Oeste.

No período de 07 a 13 de fevereiro, no trabalho de rotina dos agentes de combate a endemias, foram realizadas atividades de controle vetorial  em 12.670 imóveis visitados. Desse total, 2.006 foram tratados e, nesses, 2.533 depósitos receberam larvicida.

Na mobilização desta semana, nos bairros Dr. Fábio I e II, a meta é visitar 6.083 imóveis. A concentração dos agentes da Saúde será na Escola Estadual Professor João Crisóstomo de Figueiredo, a partir das 7h30.  A escola estadual fica localizada na Rua Bandeirantes, Quadra 86, nº 625, no bairro Dr. Fábio II.

Serviço

Ação de combate ao Aedes aegypti nos bairros Dr. Fábio I e II

Data: 23 e 24 de fevereiro

Horário: concentração a partir das 07h30

Local: Escola Estadual Professor João Crisóstomo de Figueiredo, bairro Dr. Fábio II

Redes Sociais