Operários são soterrados em obra de duplicação da MT-251

Dois funcionários da empresa Guaxe Encomind, que trabalham na duplicação do asfalto na Rodovia Emanuel Pinheiro no trecho entre o Atacadão e a Fundação Bradesco, ficaram soterrados na manhã desta terça-feira (1).

Segundo as primeiras informações da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso, o acidente de trabalho aconteceu por volta das 09h30, enquanto a dupla trabalhava na drenagem do solo.

 

Devido ao tempo chuvoso, o solo na região está em estado de lama e isso ajudou para que os operários ficassem soterrados. Um deles teve a perna completamente coberta pelo barro e outro foi soterrado até a altura da cintura, segundo informou a assessoria de imprensa da Secretaria de Infraestrutura e Logística.

 

“Todos estão bem. Apesar do susto, ninguém está gravemente ferido. Os profissionais da parte de segurança do trabalho fizeram os primeiros trabalhos no local, acionaram os Bombeiros, que retiraram os operários e logo foram levados para o hospital pelo Samu”, disse a assessoria.

 

Os nomes dos trabalhadores não foram divulgados. A empresa Guaxe e o Governo do Estado estão dando suporte às vítimas. A obra continua, porém a Polícia Civil também foi ao local para identificar a real situação de trabalho na área que está sendo duplicada, que é de 3,6km. 

 

Nota à imprensa

 

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra-MT) informa que tomou conhecimento do acidente de trabalho, ocorrido na manhã desta terça-feira (1º/03), na obra de duplicação da Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães, por meio da equipe de engenharia que fiscaliza a obra, e que tem acompanhado de perto o atendimento prestado aos operários.

 

A Sinfra esclarece que é de inteira responsabilidade da empresa contratada prover meios de garantir à segurança de seus colaboradores. A Guaxe Encomind Engenharia já tomou as medidas necessárias no sentido de garantir o rápido atendimento aos funcionários envolvidos. Eles foram socorridos e encaminhados até o hospital pela ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

 

No trecho de 3.6 quilômetros da rodovia, entre o trevo com a MT-010 e o trevo de acesso ao bairro Jardim Vitória, a empresa realiza neste momento o serviço de drenagem das águas. No instante do acidente, os operários estavam auxiliando na colocação de tubos, quando o houve um pequeno deslizamento de terra atingindo os trabalhadores.

Redes Sociais