AL convoca secretário para explicar retomada das obras do VLT

O coordenador-geral da Frente Parlamentar em prol da Retomada e Conclusão das Obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), deputado estadual Emanuel Pinheiro (PR) é o autor do requerimento que determina a convocação do Secretário de Estado das Cidades, Eduardo Chiletto.

O secretário prestará informações na Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da Assembleia Legislativa sobre os relatórios finais da empresa de consultoria KPMG, que mostram a viabilidade da continuidade da obra do VLT. No início do mês, a consultoria apresentou os últimos documentos referentes à operacionalização e ao valor da tarifa do modal.

“Temos que discutir o futuro do modal na região metropolitana de Cuiabá. Pretendemos extrair do secretário o que pensa o governador Pedro Taques sobre as obras. Precisamos sentir com segurança qual a posição do Executivo”, disse o deputado.

Atualmente, uma equipe técnica da Secretaria de Cidades analisa os documentos que devem ser entregues à Justiça Federal até o dia 19 de março, onde um acordo judicial para a retomada da obra deve ser celebrado.

A obra paralisada há mais de um ano já consumiu R$ 1,06 bilhão dos cofres públicos e mais R$ 600 milhões devem ser empregados. O incremento foi apontado no primeiro relatório.

Do montante a ser empregado na obra, o governo já tem R$ 200 milhões assegurados pela Caixa Econômica Federal. Os outros R$ 400 milhões estão sendo viabilizados via Ministério das Cidades.

O líder do governo, deputado Wilson Santos (PSDB), propôs em plenário, a vinda da equipe técnica da KPMG para participar da reunião.

 

Site Folha Max

Redes Sociais