Estado gasta R$ 8 mi em 3 avenidas destruídas pelas obras do VLT

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado das Cidades (Secid), vai investir R$ 8.167.290,92 milhões para restaurar o pavimento de três principais avenidas em Cuiabá. A parceria, que foi anunciada durante reunião entre o governador Pedro Taques, o secretário Eduardo Chiletto e o prefeito Mauro Mendes, vai recapear as avenidas Tenente Coronel Duarte (Prainha), Historiador Rubens de Mendonça (CPA) e Fernando Correa da Costa.

De acordo com o titular da Secid, o Estado será responsável por fornecer o material para execução dos serviços de restauração asfáltica, enquanto o município arcará com a mão de obra. As intervenções já começaram na avenida Prainha. “A parceria é para melhorar a mobilidade da população e o fluxo de veículos nestas vias. As ações, que são também anseios dos comerciantes de Cuiabá, não irão interferir nas decisões referentes à obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A pavimentação a ser realizada nas pistas não terá prejuízo quando as ações referentes ao modal forem retomadas. É importante lembrar que paralelo a estas intervenções, o Estado continua trabalhando para retomar as obras do VLT o mais rápido possível”, frisou Chiletto.

De acordo com o planejamento, na região das avenidas Prainha e do CPA, será restaurado o asfalto no trecho entre a avenida XV de Novembro e a rua José Torquato da Silva. Para esta área serão investidos R$ 5.358.411,83. Já na região do Coxipó, as intervenções serão realizadas entre a Praça da Farinha e o trevo de acesso ao município de Santo Antônio de Leverger.

Ao todo, serão gastos R$ 2.808.879,09. Durante a reunião, o prefeito Mauro Mendes destacou que as obras a serem executadas no município são importantes e irão melhorar a trafegabilidade nas três avenidas.

VÁRZEA GRANDE

Em relação a Várzea Grande, as ações previstas de readequação viária terão início ainda este mês. A empresa que irá executar os trabalhos ao longo da avenida FEB deverá ser contratada nas próximas semanas. “Enquanto em Cuiabá temos uma parceria direta com a Prefeitura, em Várzea Grande foi realizado um processo licitatório emergencial. Porém o mais importante é que iremos ter, já no mês de abril, melhorias significativas no trânsito”, reforçou Chiletto.

Redes Sociais