Trincheira do Verdão será concluída até agosto

As obras de acabamento da Trincheira Verdão/Santa Isabel estão em processo acelerado e serão entregues dentro do cronograma, entre o fim de julho e início de agosto. Em maio, a Secretaria de Estado das Cidades (Secid) chegou a anunciar a rescisão do contrato com a Métrica Construções, responsável pelo projeto. Após intermediação e gestão do secretário Eduardo Chiletto, a construtora regularizou pendências ainda existentes junto à pasta e retornou os trabalhos, cumprindo os prazos estabelecidos pelo Termo de Ajustamento de Gestão (TAG), firmado entre o Governo do Estado, via Secid, a empresa, e o Tribunal de Contas do Estado (TCE). “A obra está a todo vapor e vamos entregar no prazo”, garantiu o secretário das Cidades, Eduardo Chiletto.

Localizada na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, a trincheira teve as obras reiniciadas ainda no final de maio e o período para finalização segue até agosto, conforme o TAG, que fixou 330 dias para a vigência do contrato com a Métrica nessa nova fase de atividades.

Segundo a equipe de engenharia da Secid, que acompanha todos os serviços na Verdão/Santa Isabel de perto, o número de operários e o ritmo de trabalho é intenso no canteiro de obras. A etapa de recapeamento de pavimento, no qual foi realizada a retirada de trincas existentes no asfalto, já está concluída.

O próximo passo será a realização do chapeamento e o lixamento das paredes da trincheira. Intenção é nivelar as placas de concreto, deixando a aparência mais reta e linear.

Ainda estão previstos a impermeabilização das paredes da trincheira e a injeção de uma substância química (PU), que evita a infiltração do lençol freático na estrutura. E por último, a sinalização. Ainda de acordo com a fiscalização, todos os trabalhos estão cumprindo o cronograma indicado para a obra da Verdão/Santa Isabel.

A estrutura - Com 460 metros de extensão, a trincheira em questão está situada em um dos pontos de maior fluxo de trânsito da Miguel Sutil. Próxima à Arena Pantanal e facilitando acesso aos bairros da região, a obra conta atualmente com mais de 90% de serviços já executados. A construção da estrutura, idealizada devido à Copa do Mundo de 2014, está orçada em R$ 26 milhões.

TAGs - A atual gestão do Governo do Estado recebeu os contratos referentes às obras da Copa com inúmeros entraves e não concluídos e firmou 22 Termos de Ajustamento de Gestão com o TCE para a finalização adequada das respectivas obras.

 

Site Folha Max

Redes Sociais