Presidente da Argentina liga para Messi e pede que craque fique na seleção

Os argentinos foram abalados por dois duros golpes no final de semana. Primeiro, a derrota em mais uma final, novamente contra o Chile, pela Copa América mantendo a seleção do país no jejum de 23 anos sem títulos. O segundo, tão doloroso quanto e consequência do primeiro, foi o anúncio de Messi de que ele estaria se aposentando da seleção.

A comoção em torno do anúncio foi gigante, tanto que até o presidente argentino, Mauricio Macri, pediu ao craque que repense a decisão. Segundo um porta-voz de Macri, o presidente telefonou para Leo. “Telefonou e disse do orgulho que sente pelo desempenho da seleção, e lhe pediu que não escute as críticas”, revelou a fonte, segundo a Folha de S. Paulo.

Diego Maradona foi outro nome de peso que pediu pela permanência de Messi. “Ele tem de seguir na seleção, tem de seguir. Porque ele vai chegar à Rússia em condições de ser campeão do mundo”, disse o campeão mundial de 1986.

 

Site MSN

Redes Sociais