Prefeitura de VG paga salário de junho no dia 30

A prefeitura de Várzea Grande confirmou nesta manhã (28), por meio da secretaria de Gestão Fazendária, que os salários dos mais de 6 mil servidores públicos do Município, referentes ao mês de junho, estarão creditados em conta corrente no próximo dia 30, quinta-feira.

Mais uma vez, como destaca a prefeita Lucimar Sacre de Campos, a regularidade no pagamento dos salários dos servidores é um compromisso que a Administração atual vem cumprindo, mediante o rigor na condução dos gastos públicos e na seletividade da aplicação dos recursos, que estão sendo focados em áreas estratégicas ao desenvolvimento da cidade, como infraestrutura, saúde e educação.

“Sabemos da importância que a folha de pagamento do Município em dia tem, não apenas para os servidores, como também para o giro da economia local e da Baixada Cuiabana, pois os valores recebidos fomentam o comércio, os supermercados, os restaurantes, enfim, o varejo. Pagamento em dia tem valor ímpar para economia em momentos de crise”, argumenta a prefeita.

Segundo o secretário de Governo, César Miranda, que é o coordenador da Comissão Permanente de Negociação com o funcionalismo público em Várzea Grande, explica que os direitos dos servidores, represados nos últimos 10 anos, estão sendo atendidos na medida em que a arrecadação municipal comporta e na medida em que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) permite.

O secretário lembra que no final do ano passado, os servidores da Educação receberam reajuste de 13,66% em agosto do ano passado. “Em maio deste ano, foram mais 11,36% para os 1.443 professores, num período de menos de um ano, houve duas correções para a Educação. Outras categorias da Administração Pública tiveram correções por meio de Revisão Geral Anual (RGA), Enquadramentos e Reenquadramentos, dentro das possibilidades financeiras do Município. A prioridade continua sendo pagar os salários em dia e na medida do possível, atender à reposição das perdas inflacionárias, bem como eventuais garantias legais que impactam nos gastos com os salários do funcionalismo de uma maneira em geral”, pontua o secretário César Miranda.

Redes Sociais