Deputado desiste de candidatura e apoia oposição em Cuiabá

Após ensaiar disputar a prefeitura de Cuiabá nas últimas 24 horas, o deputado federal Victório Galli (PSC) decidiu recuar do projeto e irá apoiar a candidatura do deputado estadual Emanuel Pinheiro (PMDB). Além disso, o PPL também fechou que irá apoiar o peemedebista.

Com a aliança formada, o PSC deixa o bloco governista nas eleições em Cuiabá. A legenda decidiu mudar de posição após o prefeito Mauro Mendes (PSB) decidir não ser candidato a reeleição, na última quinta-feira.

Mendes foi substituído pelo líder do Governo na Assembleia, deputado estadual Wilson Santos (PSDB). A definição pelo tucano não agradou alguns partidos aliados.

Desde a última sexta-feira, Galli iniciou articulação para disputar a prefeitura. Ele chegou articular junto ao diretório nacional do PSC para ter o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), pré-candidato a presidente da República. 

Interlocutores do deputado chegaram a confirmar a candidatura, que teria o sargento da Polícia Militar e deputado estadual em exercício, Elizeu Nascimento (PSDC) como vice. Ao mesmo tempo, manteve conversas com o grupo do deputado Emanuel Pinheiro.

Na noite de hoje, bateu o martelo e confirmou apoio ao candidato que representa oposição ao Governo do Estado. Hoje, o peemebista tem o apoio do 13 legendas, que são PMDB, PP, PR, SDD, PRP, PROS, PTB, PMB, PTC, PPL, PT do B e PSC.

 

Site Folha Max

Redes Sociais