Inscrições para certificado de Responsabilidade Social terminam amanhã (31)

Empresas e instituições interessadas em participar da certificação "Balanço Social" da Assembleia Legislativa têm até o próximo dia 31 para apresentar a documentação. 

As inscrições continuam abertas e podem ser feitas através do site da Assembleia Legislativa, na barra de endereço “Institucional”, com opção Responsabilidade Social.

“O prazo foi prorrogado devido ao interesse das empresas do interior do Estado, e os formulários serão analisados pela comissão formada por dezesseis pessoas”, explica o representante da Comissão mista de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa, Salvador Santos Pinto. 

“Entende-se por Balanço Social o documento pelo qual as empresas e demais entidades apresentam dados que permitam identificar o perfil da sua atuação social em 2015, e ainda, a qualidade de suas relações com empregados e cumprimento das cláusulas sociais” explica Salvador. 

Salvador Santos Pinto destaca a importância da participação dos empregados nos resultados econômicos e a possibilidade de desenvolvimento pessoal, bem como a forma de interação das empresas e demais entidades com a comunidade e sua relação com o meio ambiente, para que a empresa ou instituição alcance a certficação.

“Todos esses requisitos são especificados no preenchimento do formulário e a entrega dos certificados está prevista para novembro”, disse ele.

Entidades - Os membros da comissão mista são representantes da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso, Assembleia Legislativa, Serviço Social da Indústria, Sindicato dos Profissionais de Contabilidade de MT, Federação do Comércio, Associação das Mulheres de Negócios e Profissionais de Cuiabá, Conselho Regional de Serviço Social, Conselho Regional de Administração.

Desde a sua criação, o Certificado de Responsabilidade Social teve apenas quatro empresas que preencheram os requisitos em todas oportunidades: Refrigerantes Marajá S/A, Unimed Cuiabá, Unimed Vale Sepotuba (Tangará da Serra) e Usinas Itamarati.

Conforme o regulamento, podem participar do certificado, microempresas e empresas de pequeno porte; empresas de médio e grande porte; organizações do terceiro setor; instituições de ensino e fundações privadas; prefeituras, secretarias estaduais, autarquias e fundações públicas; e empresas públicas e sociedades de economia mista.

Esta é a 11ª edição de Responsabilidade Social. A cada ano a comissão recebe em média de 40 a 50 empresas. “Mais de duzentas e cinquenta empresas já receberam o selo, e vale lembrar também que Mato Grosso foi o segundo estado brasileiro a implantar o certificado", comentou ele. O Rio Grande do Sul foi o primeiro a fazer esse trabalho.

Até o ano passado, o modelo 02 (empresas de médio e grande porte) foi o que mais recebeu certificados, num total de 171 reconhecimentos, sendo que, somente no ano passado, a Assembleia Legislativa certificou 38 empresas e autarquias.

Certificação - A Assembleia Legislativa criou em 2002, através da Lei 7.687, o Certificado de Responsabilidade Social de Mato Grosso. A iniciativa foi dos deputados José Riva, Humberto Bosaipo e Eliene Lima, e tem por objetivo promover o reconhecimento público das instituições, empresas, órgãos públicos e OSCIPS – Organizações Sociais de Interesse Público.

 

Da Assessoria

Redes Sociais