Cuiabá luta para trazer jogo da seleção pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018

Cuiabá terá de travar uma dura batalha para conseguir um jogo da seleção brasileira pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Segundo informações do portal UOL, a intenção da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) é começar a levar a seleção de Tite para arenas no sul e sudeste. Apenas uma partida ainda estaria ‘disponível’ para negociação. Recentemente, o governador Pedro Taques (PSDB) se reuniu com o secretário geral da entidade, Walter Feldman, para articular o evento na capital mato-grossense em 2017.

Segundo as informações do UOL, a ideia da diretoria e comissão técnica é que Rio de Janeiro e São Paulo recebam dois dos três jogos que restam – Paraguai (final de março), Equador (final de agosto) e Chile (início de outubro). A entidade ainda não admite, mas as conversas internas já acontecem.
 
O estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), deve ser o escolhido para receber a partida que pode selar a classificação à Copa do Mundo de 2018. Nas rodadas finais de 2016, além do duelo contra a Argentina, o Brasil ainda encara a Bolívia em casa, na Arena das Dunas, em Natal (RN). Antes, a seleção rodou por Fortaleza, Salvador, Recife e Manaus nas Eliminatórias.
 
Com isto, Cuiabá ainda tenta uma última ‘vaga’, Entre os países citados acima, o Paraguai seria o que tem maior chance, já que não seria uma partida da reta final das eliminatórias.
 
Recentemente, o secretário geral da CBF, Walter Feldman, disse ter se impressionado com a estrutura da Arena Pantanal, em Cuiabá. Feldman esteve reunido com o governador para conversar sobre a possibilidade da realização de um jogo oficial da seleção brasileira pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. O dirigente viu com bons olhos a ideia e conversará com o técnico Tite sobre o pedido.
 
“É ótimo receber o Feldman em um novo momento da CBF. Um momento de gestão e ética na confederação. Fiz este pedido para que possamos receber um jogo oficial da seleção brasileira. Tenho certeza que ele levará isto com muito carinho. É um pedido de todos mato-grossenses. Por isso, agradecemos a atenção disposta”, disse o governador, após a reunião.
 
Feldman garantiu que se comprometeu com o governador de levar a reivindicação à comissão técnica da seleção brasileira, principalmente ao técnico Tite: “Nós traremos a resposta o mais breve possível ao governador”. O presidente da FMFMT (Federação Mato-grossense de Futebol), João Carlos, afiançou que “nosso governador foi bastante enfático. O Feldman foi sensível nesta questão, esteve na Arena Pantanal conosco hoje. Acho que será um grande trunfo para o futebol mato-grossense. Teremos um grande jogo no próximo ano, válido pelas Eliminatórias da Copa de 2018”.

Redes Sociais