Emanuel Pinheiro vai a Brasília pedir apoio e recursos para Cuiabá

O prefeito Emanuel Pinheiro e o vice Niuan Ribeiro estiveram em Brasília nesta quarta-feira (15), para pleitear recursos do órgão da União junto à bancada federal de Mato Grosso. Durante a reunião, os gestores solicitaram o apoio dos membros para projetos que beneficiem a Capital. Os parlamentares têm até a próxima sexta-feira (17), para elencar os municípios que serão beneficiados por meio de suas emendas.

Ao longo do encontro, Pinheiro solicitou de cada membro da bancada, um milhão de recursos para o exercício de 2017. Ele também requereu R$ 6,5 milhões para o desenvolvimento da agricultura familiar da baixada cuiabana, além de pedir apoio para a solicitação de R$ 40 milhões ao Ministério do Turismo para a requalificação do Morro da Luz. Segundo o prefeito, “precisamos transformar este ponto tão importante da nossa Capital em um belíssimo cartão postal da Cuiabá 300 anos”.

Em união ao Governo do Estado, Emanuel também pediu presteza para viabilizar a conclusão das obras do Rodoanel na Capital. “Este anel viário é fundamental para o crescimento de Mato Grosso e vai também garantir o desenvolvimento econômico e urbano de Cuiabá”, Frisou.

Para o vice-prefeito Niuan, o encontro foi de suma importância, uma vez que os parlamentares representam os interesses da Capital mato-grossense diante do governo federal. “É necessário trabalharmos em união e em prol da evolução de Cuiabá com a certeza de que os avanços conquistados aqui também surtirão reflexos nos demais municípios que a norteiam”, concluiu.

A reunião aconteceu na liderança do bloco moderador, que agrupa 18 senadores, sob a condução do mato-grossense, Wellington Fagundes. Além dele, participaram do encontro o senador Cidinho Santos e os deputados federais, Fábio Garcia, Nilson Leitão, Victório Galli, Carlos Bezerra, Ezequiel Fonseca. Valtenir Pereira esteve ausente, mas foi representado por seu chefe de gabinete, Ércio Lins. Já o senador José Antônio Medeiros, e o deputado Adilton Sachetti que também não puderam comparecer, manifestaram apoio aos assuntos tratados na reunião por telefone.

 

Fonte: Da Assessoria

Redes Sociais