Praça Alencastro é fechada por três meses para revitalização

A Praça Alencastro, localizada no Centro de Cuiabá, em frente à prefeitura, ficará fechada por cerca de três meses para obras de revitalização. O espaço já se encontra cercado por tapumes, pois a ordem é para que os serviços tenham início já na próxima semana, segundo o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Juares Samaniego.

Troca de piso e fiação elétrica, recuperação do coreto, revitalização da fonte, obras de acessibilidade e plantio de novas árvores fazem parte da reforma, que deve custar em torno de R$ 500 mil.

De acordo com o secretário, a praça não pode continuar da maneira que está, pois a estrutura antiga e a falta de reparos representam perigo aos frequentadores.

“Não há motivos para existir uma fonte se estiver abandonada. Muitas árvores estão a ponto de cair devido à infestação de cupins. Por isso, o principal objetivo da obra é oferecer qualidade de vida e um ponto de lazer adequado para a população”, explicou o secretário.

Além disso, de acordo com Juares, os pontos de ônibus também serão adequados pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), pois não oferecem qualidade e abrigo para sol ou chuva.

A Praça Ipiranga, também na região central da capital, está incluída no pacote de obras de revitalização, paisagismo e adequação dos pontos de ônibus, mas a obra ainda não tem data definida para começar.

As empresas foram selecionadas por meio de processo licitatório. A empresa Pavipar Construções ficará responsável pelas obras na praça Alencastro e a Praça Ipiranga será revitalizada pela Vanka Construtora. A obra ficará em torno de R$ 311 mil.

Redes Sociais