Servidores do Detran vão aderir a paralisação nacional do dia 30

Os servidores do Detran de Mato Grosso decidiram em assembleia geral realizada com a categoria nesta terça-feira (27) que irão participar da paralisação nacional convocada pelo conjunto do movimento sindical, em nível nacional, para esta sexta-feira (30), contra as Reformas Trabalhista e da Previdência, a Terceirização e o Congelamento dos investimentos públicos.

 

No Estado, a greve geral terá a participação de várias categorias, como a dos trabalhadores dos Correios, da educação, médicos, professores da UFMT, entre outras. Em Cuiabá, a concentração será na Praça Ipiranga, no Centro às 15h.

 

“Não podemos deixar de lutar em defesa de nossos direitos. Queremos a retirada das reformas e dos ataques do governo federal e são esses movimentos da classe trabalhadora que impediram até o momento que as reformas fossem aprovadas. Essas reformas vão mudar completamente a previdência e as relações de trabalho. É uma paralisação nacional, não apenas em nível de Estado”, comenta Daiane Renner, presidente do Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran-MT).

 

No dia 30 os servidores irão se mobilizar na sede do Detran e depois seguem para a Praça Ipiranga com as demais categorias. No interior também construirá atos unificados com os demais sindicatos.

 

A paralisação atingirá tanto as unidades na Capital como todas as Ciretrans e Agências do Estado. O atendimento volta ao normal na segunda-feira (3).

Redes Sociais