Várzea Grande antecipa pagamento dos salários dos servidores para amanhã (29)

A Prefeitura de Várzea Grande quita os salários dos servidores públicos municipais referentes ao mês de junho, nesta quinta-feira, 29. A folha de pagamento da segunda maior cidade de Mato Grosso está estimada em pouco mais de R$ 24 milhões.

“Priorizamos todos os gastos de nossa administração para bem atender a população com serviços públicos de qualidade, e o pagamento de salários é importante, porque aquece a economia de Várzea Grande, bem como da Grande Cuiabá”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Várzea Grande – CDL/VG, David Pintor, que se encontrava em audiência na Prefeitura de Várzea Grande comemorou a decisão e sinalizou como fundamental as ações da administração municipal em relação ao comércio e a indústria local.

“Nós enquanto empresários e representantes do comércio e da indústria também trabalhamos dentro do planejamento de ações e como sabemos que a Prefeitura de Várzea Grande através dos esforços da prefeita Lucimar Sacre de Campos e sua equipe priorizam o pagamento dos salários no mês trabalhado, isto permite a nós facilitar o crédito, realizar promoções e ter a certeza de que o consumidor que é servidor público vai honrar seus compromissos, pois receberá seu salário em dia.

Lucimar Sacre de Campos, pontua que assim como em outras cidades e estados, fechar a folha de pagamento e manter ao mesmo tempo investimentos em áreas essenciais, vem sendo uma missão que tem exigido muita resiliência da equipe econômica, bem como parceria de todos os servidores quanto às boas práticas administrativas, em prol do bom uso dos recursos públicos.

“Desde maio de 2015, quando assumi a prefeitura de Várzea Grande, manter o pagamento dos servidores dentro do mês trabalhado e desenvolver a cidade por meio de obras, serviços e ações, passou a ser um compromisso diário dessa gestão e mesmo detectando uma queda na arrecadação de impostos, taxas e contribuições, reflexo da crise econômica e política que vive o Brasil, não temos obras paralisadas por falta de recursos e nem servidores sem salário. Entendemos que não existem políticas públicas como saúde, segurança, educação, social e até mesmo obras, sem o trabalho dos servidores públicos que são a força humana em prol da cidade e sua gente”.

A prefeita ainda assinalou que as obras públicas são fundamentais para atender a toda população ao mesmo tempo em que aquece a economia local com a geração de emprego e renda e venda no comércio e indústria local. “O comércio e a indústria têm sido parceiros da Administração Municipal, fazendo girar a roda econômica e proporcionando esforços no sentido de retribuir com investimentos, geração de emprego, renda e tributos. Isso ocorre porque há a certeza de que os salários estarão fomentando a nossa economia sempre antes da virada do mês. O servidor programa seu orçamento e as empresas suas receitas”.

O secretário de Administração, Pablo Pereira, disse que o salário correspondente ao mês de junho estará disponível em conta-corrente no dia 29.

O secretário de Assuntos Estratégicos, Jayme Campos, reforçou mais uma vez que a atual gestão, “em que pesem as dificuldades do momento, não pensa em reduzir o volume de investimentos ou de ações sociais”. Ainda completou, “além de administrar com foco em investimentos, a gestão da prefeita Lucimar enfoca o compromisso com os servidores, dentro de um esforço para se manter em dia o pagamento, por sabermos da importância em pagarmos os salários do funcionalismo público em dia para a economia local e para as próprias famílias dos servidores que prestam um relevante e fundamental serviço para Várzea Grande e sua gente”.

O secretário de Administração lembrou que a cada mês a quitação da folha de pagamento dos servidores municipais - Prefeitura Municipal, Departamento de Água e Esgoto (DAE/VG) e Previdência de Várzea Grande (Previvag) – movimenta pouco mais de R$ 24 milhões (bruto), considerando os encargos.

Redes Sociais