MT realiza concurso com mais de 5.00 vagas na área da Educação

Em uma iniciativa inédita no Brasil, o Governo do Estado de Mato Grosso vai realizar concurso público com quatro fases eliminatórias para professores da educação básica, sendo que em uma delas o candidato terá que preparar e ministrar uma aula perante a banca de examinadores. A proposta inovadora, divulgada pela Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) nesta terça-feira (04.07), faz parte do Pró-Escolas, programa governamental que visa à melhoria da qualidade do ensino nas escolas estaduais, e elaborado com base no Plano de Governo da gestão de Pedro Taques.

Além de 3.324 vagas para o cargo de professor, o concurso público ainda ofertará 1.496 vagas para o cargo de apoio administrativo e 928 para o cargo de técnico administrativo, em um total de 5.748 vagas, além de cadastro de reserva de 50% do total de vagas.

Os interessados poderão se inscrever no período de 10 de julho a 15 de agosto, apenas pela internet, no site www.ibfc.org.br. As taxas de inscrição são de R$ 43 (nível fundamental), R$ 63 (nível médio) ou R$ 91 (nível superior). Isenções estão previstas, conforme legislação, com data de inscrição diferenciada, entre 17 a 19 de julho, também via internet.  Para acessar o edital, clique aqui.

As provas serão aplicadas em setembro deste ano, pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), nos 15 municípios polos de Mato Grosso, sem custos para o Governo do Estado.

“Queremos continuar selecionando os melhores profissionais para atuar nas nossas escolas – daí o nível de exigência que imprimimos ao concurso. Todas as ações e investimentos do Pró-Escolas convergem para essa meta”, informou o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon.

Mato Grosso paga aos profissionais da Educação um dos melhores salários do país, em todos os níveis. Desde o início de 2015, os salários na rede estadual aumentaram 44%, com ganho real de 23% no período.

“Por meio do Pró-Escolas, estamos investindo pesadamente em formação, em avaliações periódicas e melhoria de todos os processos de ensino e aprendizagem. Ou seja, os profissionais que vamos contratar neste concurso vêm para agregar valor a um quadro que já é forte”, disse Marrafon.

Inovação

Além das quatro fases eliminatórias para o cargo de professor, o concurso ainda terá nota de corte de 5,0 pontos nas três primeiras etapas.

A primeira fase será composta por uma prova objetiva de múltipla escolha, com 70 questões, e a segunda fase por uma redação e uma prova dissertativa com quatro questões, sendo três da disciplina específica à qual o candidato concorre, e uma relativa às políticas públicas de educação. As duas etapas serão realizadas no dia 17 de setembro.

Os classificados para a terceira fase passarão por uma avaliação didática com apresentação de uma aula, cujo conteúdo deverá ser pré-determinado, na área específica de atuação, com duração de 20 minutos para apresentação e 10 minutos para questionamentos da banca avaliadora. A quarta e última fase será a de avaliação de títulos, também de caráter classificatório.

Já para os cargos de Técnico Administrativo Educacional (TAE) e Apoio Administrativo Educacional (AAE), o processo será diferente. Candidatos a TAE farão, na primeira fase, uma prova objetiva de múltipla escolha de caráter eliminatório, composta por 60 questões e, na segunda, redação e prova dissertativa também com quatro questões, sendo três da disciplina específica a que concorre a uma vaga, e uma relativa às políticas públicas de educação.

Os que concorrerão a uma vaga para AAE passarão apenas por uma etapa, que será uma prova objetiva de múltipla escolha de 50 questões, de caráter classificatório e eliminatório.

Vale ressaltar que também haverá nota de corte de 5,0 pontos para ambos os cargos. A aplicação das provas será no dia 24 de setembro.

Salários

Os salários para os cargos ofertados pelo Estado de Mato Grosso aos profissionais da educação básica estão entre os maiores do país dentro de suas categorias. A remuneração paga hoje aos professores em início de carreira, de R$ 3.640,34 (30 horas semanais), é a segunda melhor entre os 27 estados brasileiros. Para os demais cargos de TAE e AAP, os valores são de R$ 1.456,11 e R$ 1.167,12, respectivamente. Os salários constam no edital, com base no último mês de maio.

Requisitos

Para concorrer às vagas para professor, o candidato deve ser licenciado em Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Língua Espanhola, Artes, Educação Física, Geografia, História, Sociologia, Filosofia, Ciências, Matemática, Biologia, Química, Física ou Unidocência (global).

Interessados em disputar pelo cargo de TAE precisam ter nível médio completo. Já os que pleiteiam vaga no cargo de AAE devem ter cursado o ensino fundamental completo.

Provas

As provas serão aplicadas nos municípios polos de Mato Grosso: Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Confresa, Cuiabá, Diamantino, Juara, Juína Matupá, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sinop e Tangará da Serra, em locais que serão divulgados em breve.

 

Fonte: Da Assessoria

Redes Sociais