DEM convida Mauro, mas sem garantia de candidatura

O ex-senador e secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, Jayme Campos (DEM), “abriu as portas” do DEM para os insatisfeitos do PSB. Ele ainda anunciou que uma reunião entre o diretório regional do DEM e membros do diretório destituído do PSB ocorre nesta sexta-feira (4) e pode selar o ingresso de deputados e secretários ao Democratas.

Jayme Campos declarou também que o ex-prefeito Mauro Mendes (PSB) será convidado para ingressar no DEM. “À medida que o Mauro faz parte do PSB, ele será bem-vindo ao nosso grupo. Em conversa, damos total carta branca para que todos eles possam vir para o nosso grupo”, disse em entrevista a Rádio Capital na manhã dessa sexta-feira (04).

Segundo Jayme, não existe mágoa com Mauro em função de não apoiá-lo na eleição ao Senado em 2014, quando acabou recuando da disputa. “Eu não tenho magoa com ninguém na política, é um assunto superado. Tenho amizade e respeito por ele”, garantiu. 

A reunião deve “selar” a confirmação do deputado federal Fábio Garcia, do  secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social e deputado estadual licenciado, Max Russi, do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, e do deputado Mauro Savi (PSB) no DEM. Durante esta semana, todos confirmaram que ingressarão na legenda. 

Questionado quanto aos espaços dos cargos políticos dentro do partido, já que nomes fortes migrarão para a sigla, Jayme disse que o momento é de “agregar”. Sobre as tratativas em relação a candidaturas para as eleições de 2018, dependerá do momento político e da conquista de cada novo membro do partido. 

“Nós estamos construindo um novo grupo político e não queremos delimitar o espaço. Na política esses espaços são construídos, conquistados. Não tem como querer ser algo antes de entrar no partido. Eu não estou preocupado com cargo majoritário, o que vai decidir é o momento”, assinalou Jayme.

CRISE NO PSB

O DEM abriu as portas para membros do PSB logo após antigo diretório da legenda ser destituído por decisão do presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira. Os socialistas no Estado ficaram insatisfeitos com o fato da executiva nacional articular o retorno do deputado federal Valtenir Pereira a sigla, já na condição de presidente do diretório no Estado.

Desde então, o grupo liderado pelo deputado federal Fábio Garcia vem dialogando com outras legendas que podem abriga-las. O DEM, que está discutindo um novo formato em nível nacional, convidou Garcia para discutir esse projeto. Paralelo a isso, o deputado Dilmar dal Bosco, presidente regional do partido, convidou os dissidentes para filiar a sigla.

Nesta semana, Eduardo Botelho anunciou que se filiará a sigla, assim como Max Russi e Fábio Garcia. Mauro Savi também disse que se filiará ao DEM. Os deputados Oscar Bezerra e Adriano Silva não confirmaram o ingresso na sigla.

 

Fonte: Site Folha Max

Redes Sociais