No EUA, Emanuel garante R$ 13 mi para Educação

Em reunião realizada nesta segunda-feira (21), em Fort Lauderdale, Flórida (EUA), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, fechou um convênio no valor estimado de R$ 13 milhões com a multinacional de tecnologia e informática, Microsoft Corporation, que serão repassados ao Município em forma de produtos. Cuiabá é a segunda cidade brasileira a firmar esse tipo de parceria, permitindo investimentos nos áreas de educação e tecnologia. 

A assinatura do Protocolo de Intenções é fruto de um intenso trabalho de negociações e convencimentos que o gestor tem realizado nos Estados Unidos, buscando abrir as portas da Capital para o recebimento de recursos em diversas áreas. Por meio do compromisso, a rede municipal de ensino receberá a doação de softwares e o acesso gratuito, para professores e alunos, a diversos programas educacionais da multinacional. 

“Foi uma reunião que como prefeito de Cuiabá me deixou extremamente emocionado e empolgado por estar promovendo um ato inédito na história da Capital. Assinamos esse Termo de Cooperação para a Educação, onde vamos promover a transformação da nossa Capital, a construção do conceito de ‘cidades inteligentes’, e o desenvolvimento sustentável através da educação”, contou Emanuel. 

Uma das possibilidades oferecidas pelo acordo é a disponibilização da solução Office 365 (versão Educação). O software permitirá aos estudantes e educadores o acesso à exibição e edição de arquivo em Word (editor de textos), Excel (planilha de cálculos), PowerPoint (apresentação de slides), OneNote (bloco de notas dinâmico), e ferramentas baseadas na produção de documentos de formato não proprietário (OpenXML), que facilitam o aprendizado e desenvolvimento dos alunos. 

Também como apoio à promoção da inovação em sala de aula, a empresa possibilitará o registro ao maior portal de colaboração mundial para professores e diretores de escolas, o Microsoft Educator Network – Rede de Parceiros na Aprendizagem. Através desse ambiente, como ferramenta de troca de conhecimento e colaboração da comunidade escolar, os servidores da educação poderão participar de fóruns de discussão e terão à disposição aplicativos gratuitos para download e uso em sala de aula. 

“Essa é a primeira de uma série de parcerias que queremos fazer para a eficiência da gestão. Queremos, muito em breve, levar essas ações também para a área da saúde, da assistência social, da segurança, e várias outras. Esse é o maior patrimônio que queremos deixar. Uma quebra de paradigma, a criação de um novo modelo e conceito, e a mudança de mentalidade, preparando nossa capital para os 300 anos e deixando como legado a formação das nossas crianças e a preparação das novas gerações” argumentou o prefeito.  

Além disso, visando fomentar o empreendedorismo e o crescimento de empresas iniciantes (startup), a Microsoft oferece também a adesão ao programa “BizSpark”. O programa inclui acesso a software de alta tecnologia, a treinamento de negócios, e a ferramenta “Windows Azure”, uma plataforma voltada para a criação e desenvolvimento de programas e serviços, facilitando a colocação dos produtos criados pelas startups no mercado. 

O diretor de Vendas e Estratégias da Microsoft, Angelo Caceres Paula, destaca que esse é um tipo de parceria que a empresa fecha com poucas cidades no mundo, sendo que no Brasil apenas a cidade de São Paulo havia conseguido firmar o acordo. “É um prazer e uma honra estabelecer essa união com a Prefeitura de Cuiabá, pois entendemos que Cuiabá tem se tornado uma cidade liderança, por meio do projeto dos 300 anos, impactando de forma positiva a sociedade cuiabana, através da educação, que é um pilar fundamental no mundo”, pontuou o diretor. 

Também participaram da reunião a vice-presidente da Microsoft na América Latina. Anayda Frisneda, e o diretor de Educação, Alberto Bustamante.

 

Fonte: Da Assessoria

Redes Sociais