Nova central de abastecimento de Cuiabá foi entregue hoje pela prefeitura

A nova Central de Abastecimento de Cuiabá (CAC) dará um novo ânimo ao comércio atacadista e varejista de hortifrutigranjeiros. Localizado no Distrito Industrial, o espaço possui área total de 70 mil m², 210 boxes (internos e externos), 30 banheiros e praça de alimentação. A Central será entregue oficialmente pela Prefeitura na próxima segunda-feira (08), às 9h.

Os atacadistas agora contam com um espaço arejado, individual e amplo para atendimento ao público. O antigo terminal atacadista da capital funcionava ao lado da Policlínica do Verdão e dará lugar a uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

A transferência do Terminal Atacadista foi um dos compromissos assumidos pelo prefeito Mauro Mendes.

“O espaço se será entregue de forma harmoniosa e podemos considerar como um grande avanço na gestão do Mauro. Ao longo do processo foram necessários alguns ajustes, mas estamos dispondo do melhor para os atacadistas”, afirmou o secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Domingos Sávio. 

No último dia 22 de maio, os atacadistas firmaram um compromisso com o município para efetuarem a mudança até o dia 7 de junho. Na ocasião também foram liberadas autorizações para a ligação da energia elétrica e entregues 14 chaves para os proprietários das lanchonetes.

Ao longo da construção, a Prefeitura fez aditivos para aumentar número de banheiros, instalar telas de proteção e construir de guarita, o que contribui para dar mais tranquilidade e segurança aos permissionários.

Também foram executados reparos na parte elétrica, hidráulica e esgotamento sanitário refeitos, além de terraplanagem em uma área de aproximadamente 5 hectares. O entorno foi asfaltado, recebeu calçadas novas, arborização e sistema de drenagem de águas pluviais.

Os produtos descarregados no Centro de Abastecimento serão comercializados em feiras livres de diversos bairros de Cuiabá. Trabalhando há mais de 20 anos no Verdão com hortifruti, Luís Rodrigues do Nascimento aprovou a mudança.

“O sustento da minha família vem deste trabalho. Estou contente com o novo espaço, porque no Verdão a situação já estava precária e as vendas caíram muito” relatou. 

O terminal foi cedido pelo Governo de Mato Grosso pelos próximos 10 anos e o custo total da reforma e ampliação foi de mais de R$ 5 milhões. Durante a inauguração a Prefeitura assinará um convênio com a Empaer, que beneficiará cerca de 300 famílias que vivem em comunidades rurais de Cuiabá. Também estão previstas apresentações de Cururu e Siriri, do Grupo Flor Serrana, da comunidade Raizama. 

Redes Sociais