Comitiva chinesa chega a Mato Grosso para discutir ferrovia

A comitiva composta pelo embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang, e 23 empresários chineses chegou a Mato Grosso pela cidade de Comodoro (644 km a Oeste de Cuiabá), na manhã desta terça-feira (09.06) e foi recebida com festa pela população da cidade. Recepcionando a comitiva que chegou em solo mato-grossense, o governador Pedro Taques destacou a importância da construção da ferrovia transcontinental que possibilitará escoar a produção pelo Oceano Pacífico e afirmou que todos os esforços serão concentrados para inciar a obra o quanto antes.

 

  

Segundo Taques, existe vontade política para realizar a obra e a expectiva é que a parceria com o governo chinês possibilite a conclusão da ferrovia em um curto espaço de tempo. O governador destacou ainda que a saída para o Pacífico irá ampliar as possibilidades de negócios para o Brasil e ainda aproximará os países andinos. “Estou otimista porque este é um momento importante para realizar esta obra. Tenho certeza que iniciaremos esta ferrovia para escoar nossa produção até a China. Vamos superar a distância que nos separa”, comemorou.

 

Em clima de muita festa a população demonstrou a alegria com a presença dos visitantes e a esperança de concretização do sonho. Para a prefeita da cidade, Marlise Moraes, o dia ficará marcado na história de Comodoro. A mesma alegria foi expressada pelos chineses. O embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang, destacou que estava muito emocionado com a recepção no Estado e ressaltou que Brasil e China são países irmãos e que juntos vencerão as barreiras da distância física. "Nesta missão o povo Chinês está junto com o povo brasileiro. Eu tenho certeza de que com esforço e trabalho de todos nós conseguiremos realizar este sonho secular", disse. 
  
Durante o evento, governador Pedro Taques reuniu com os prefeitos da região Oeste e anunciou que nos estudos do traçado da ferrovia será acrescido um braço na cidade de Cáceres por conta da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) que funcionará no município.

 

Junto com os Estados de Rondônia e Acre, Pedro Taques lidera a comitiva formada pelo embaixador da China no Brasil e 23 empresários e diretores de empresa de construção pesada, bancos de investimentos chineses e membros da embaixada. A equipe de estrangeiros tem interesse em investir no Brasil para a construção da ferrovia transcontinental que ligará o Brasil e o Peru para aproximar o mercado da América do Sul com a Ásia diretamente pelo Oceano Pacífico. Pelo pré-projeto, a ferrovia cruzará Mato Grosso e passará por Rondônia e Acre até chegar ao Peru.

 

 

A expedição começou na segunda-feira (08.06), quando Pedro Taques, o vice-governador de Rondônia, Daniel Pereira, a vice-governadora do Acre, Nazaré Araújo, assinaram, em Ji-Paraná (RO), um protocolo prevendo que os três estados vão buscar condições de cooperação entre si, reunindo informações técnicas e esforços políticos em prol da efetivação da parceria Sino-Brasileira para a construção da ferrovia.

  

 

Após a cerimônia de boas-vindas em Comodoro na manhã desta terça-feira a comitiva segue viagem para Lucas do Rio Verde (distante 354 de Cuiabá) onde deve chegar na quarta-feira (10) para a primeira grande discussão sobre a implantação da ferrovia.

Redes Sociais