Semob interdita nesta quarta Córrego do Barbado para início das obras no viaduto da UFMT

A Prefeitura de Cuiabá interditará o Córrego do Barbado nesta quarta-feira (04), para o início da execução das obras de drenagem na Avenida Fernando Corrêa da Costa. As intervenções na pista serão feitas no sentido Avenida Carmindo de Campos e para garantir o tráfego seguro, agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana estarão no local orientando os motoristas.

“Nós dimensionamos o impacto que obras deste porte geram nos condutores da Capital e o nosso objetivo, seguindo a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, é minimizar essas consequências, prezando pela qualidade do motorista no trânsito, em um dos locais de maior movimento rotineiramente. Nossos agentes estão preparados para oferecer os direcionamentos necessários a fim de propiciar uma melhor trafegabilidade a todos e desde já salientamos a importância da cautela nas vias próximas à interdição, a fim de coibir infrações ou possíveis acidentes”, afirmou Luciana Zamproni, secretária municipal de Mobilidade Urbana.

As obras de drenagem compreenderão também a futura interdição das vias laterais da Av. Fernando Corrêa, localizadas ao lado do viaduto da UFMT. De acordo com a Semob, a interrupção está prevista apenas para a segunda metade do mês de outubro. O acesso será efetuado através dos bairros Jardim Kennedy e Jardim das Américas, com o auxílio de placas de sinalização.

“A interrupção será necessária pois os reparos definitivos englobam também a retirada do canteiro construído irregularmente em frente à sede de uma rede de supermercados. Com a desobstrução desta faixa, os condutores terão um espaço maior para circular em direção ao córrego ou à avenida. Além disso, é crucial pontuar que o viaduto permanecerá desimpedido ao longo de todo o período da execução das obras, o que não dificultará tanto o fluxo da média de 35 mil veículos diários que temos no local. As frotas de ônibus que trafegam por estas vias também seguem seu curso sem qualquer alteração. Para orientar os condutores nas rotas alternativas, a Secretaria fará a instalação da sinalização viária adequada, facilitando o trajeto dentro dos bairros”, revelou Luciana.  

Com o prazo de 180 dias para a sua conclusão, os trabalhos serão conduzidos sob a responsabilidade do governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Cidades. Orçada em R$ 5,85 milhões, as obras – que correspondem ao pacote de intervenções urbanas referentes à Copa do Mundo FIFA 2014 – compreendem a desobstrução de estruturas e a ampliação das tubulações de drenagem, o que certificará o escoamento adequado da água, interrompendo terminantemente com os constantes alagamentos no período chuvoso.

 

Fonte: Rafaela Gomes

Da Redação

Redes Sociais