Obras na Salgadeira serão retomadas dia 22 de junho

As obras para conclusão do Terminal de Turismo e Lazer da Salgadeira serão retomadas oficialmente a partir do dia 22 de junho. A data foi definida durante reunião realizada, na última sexta-feira (12.06), pelas Secretarias de Estado das Cidades (Secid) e Desenvolvimento Econômico (Sedec), juntamente com representantes do Consórcio Salgadeira, responsável pela construção. 

De acordo com o secretário Eduardo Chiletto, titular da Secid, antes do reinício, o Consórcio se comprometeu em realizar serviço de limpeza já nesta segunda-feira (15). “A área passará por limpeza necessária para que o canteiro de obras seja novamente instalado no espaço. A expectativa é de que no dia 22 de junho, o Consórcio dê continuidade à construção”. 

A revitalização do Terminal, que está localizado na rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), no quilômetro 45, já conta com diversos avanços nas estruturas físicas. Até o momento, 39,2% dos valores já foram repassados ao Consórcio Salgadeira, atualmente formado pelas empresas Farol Empreendimentos e Ypenge Projetos Florestais e Ambientais. A obra total está orçada em R$ 6.377.402,13. 

Com área total de 72,4 mil metros quadrados, o Terminal de Turismo e Lazer da Salgadeira contará com espaços exclusivos para trilhas e passeios, estacionamentos com vagas para visitantes e abrigos para ônibus, guaritas, posto policial, bloco para instalação de lojas, restaurantes, centro dedicado ao turista, além de adutora e coletor para tratamento de esgoto. 

Chiletto ainda destaca que a entrega da Salgadeira será dividida em duas etapas. A expectativa é de que a primeira parte, que compreende a área em que se encontra o córrego da Salgadeira, seja entregue em dezembro deste ano. Já o restante do Terminal Turístico deverá ficar concluso em abril de 2016. 

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Seneri Paludo, a retomada das obras no local também compreende uma determinação do governador Pedro Taques. “O governador definiu o turismo como um dos pilares para o desenvolvimento social e econômico de Mato Grosso, e atrativos como a Salgadeira são fundamentais para o Estado. Por isso as equipes da Sedec e da Secid estão se empenhando para que esse ponto turístico seja entregue aos visitantes". 

Salgadeira 

Pertencente ao município de Cuiabá, a Salgadeira era um dos espaços livres utilizados pela população e turistas. O fato é que após determinação da Justiça, em setembro de 2010, o local foi fechado devido à existência de irregularidades constatadas pelo Ministério Público Estadual (MPE). Na época, conforme ação civil, foram verificados problemas como disposição de resíduos a céu aberto, sistema de tratamento de esgoto deficiente, presença de processos erosivos em diversas localidades do Completo, além de ausência de licença ambiental. 

Redes Sociais