Deputado Valtenir troca de partido pela 7ª vez e retorna ao MDB

Valtenir Pereira trocará de partido pela sétima vez. O deputado federal, que desembarcou no PSB em meados de 2017, causando um estardalhaço na sigla, que perdeu os deputados federais Adilton Sachetti (PRB) e Fábio Garcia (DEM), além do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), deixará a sigla e voltará ao MDB, legenda em que estava até o ano passado.

Valtenir chega para disputar a reeleição, juntamente com o deputado Carlos Bezerra (MDB). Ele também apontou possíveis nomes do partido para a montagem da chapa para deputado federal, como o do ex-prefeito de Sinop, Juarez Costa, e da deputada estadual Janaina Riva. “Valtenir vai tentar a reeleição, junto com o Bezerra. O Juarez Costa também irá se candidatar e a deputada Janaina Riva está pensando nesta possibilidade também”, completou Romoaldo.

PSB

Com a saída de Valtenir do PSB, o deputado estadual Max Russi, que estava até o início da semana como secretário-chefe da Casa Civil, deverá permanecer na sigla e comandar o partido a partir de agora. As mudanças atingiriam também a linha que o partido tomará, retornando para a base de apoio do governador Pedro Taques (PSDB).

Com as articulações, Taques teria dois ex-secretários como homens fortes dentro do PSB. Além de Max Russi, que assumirá a presidência, o secretário de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes, que deixará o cargo esta semana, deverá ser o novo secretário-geral do partido, em Mato Grosso.

 

Suelme estava articulando com o Solidariedade para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Max e Suelme ainda tentarão convencer o deputado estadual Oscar Bezerra (PSB) ficar na legenda, mesmo estando distante do palácio Paiaguás.

 

Fonte: Site Folha Max

Redes Sociais