Vagões do VLT passam por manutenção diariamente

As 40 composições do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Mato Grosso passam diariamente por manutenção. O trabalho desenvolvido pelo Consórcio VLT é acompanhado por uma equipe da Secretaria de Estado das Cidades, gerenciada pelo secretário adjunto de Obras do VLT, José Picolli Neto.

Mensalmente o secretário recebe um plano de manutenção dos vagões. Entre os trabalhos realizados estão a verificação das borrachas de vedação das portas, limpeza interna, desobstrução das canaletas de drenagem das sanfonas de conexão dos vagões, manutenção dos motores e equipamentos auxiliares. Os trens são movimentados manualmente, porque não podem ficar parados.

Além dos vagões, o Centro de Manutenção armazena os equipamentos das subestações, postes, tubos e caixas pré-moldadas de concreto para as redes de drenagem e tudo o que é necessário para dar continuidade às obras. A obra do Centro de Manutenção está 65% executada, restando apenas a parte dos acabamentos e instalações.

A parte interna dos vagões é limpa diariamente. Os bancos e painel de controle estão protegidos com plástico, para evitar o contato com poeira ou qualquer tipo de atrito. A vegetação que cresce ao redor dos vagões é periodicamente cortada para evitar problemas, risco de incêndio, e facilitar o deslocamento do pessoal durante a manutenção.

Ao todo são 40 veículos, sendo que cada um mede aproximadamente 44 metros de comprimento. Ele é composto por sete vagões, com capacidade para transportar até 400 pessoas (por veículo), sendo 77 sentadas. Todos eles foram fabricados e importados da Espanha.

 

Fonte: Site Folha Max

Redes Sociais