Pronto Socorro faz comemoração do Dia das Crianças na Ala Pediátrica

Um dia mágico, de confraternização, presentes e muitas guloseimas. Com muito amor e criatividade, esses gestos tão simples que todas as crianças esperam receber na data em que se celebra o Dia das Crianças no Brasil foram proporcionados aos pacientes da Ala Pediátrica do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá e reforçaram a política de humanização, que vem sendo implantada em todas as áreas da administração do Prefeito Emanuel Pinheiro.

Além dos diversos presentes, o evento, que desde a primeira edição conta com o apoio incondicional da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, encantou os pacientes, pais, demais familiares e acompanhantes com a apresentação do Coral Infanto-juvenil da Associação Arte Cidadã de Santo Antônio de Leverger.

“Foi um momento em que nossos filhos esqueceram-se da dor, da doença e principalmente da saudade que eles têm do seu lar. No fundo, eles esperavam voltar para casa para ter de volta suas rotinas e nelas terem suas comemorações prediletas como a de aniversário, de Páscoa, Natal e Dia das Crianças. Tudo isso faz parte da infância e essa festa linda e humanizada, em que crianças vieram cantar para crianças, devolveu em cada um deles o direito de sonhar. E o sonho é o combustível para que se fortaleçam e saiam daqui o quanto antes”, frisou Marlucia Figueiredo, mãe da Kethelyn Vitória, de 04 anos - internada por anemia falciforme.

O relato da mãe pode ser constatado pela filha que, ao longo da festa, não cansou de distribuir sorrisos “Estou muito feliz, hoje é Dia das Crianças e eu ganhei festa, presente e vi um monte de crianças cantarem lindo”, disse.

Para o maestro Jefferson Ribeiro, a apresentação no Pronto Socorro proporcionou, sobretudo, uma troca de energia e experiência entre todos que participaram da ação. “Foi realmente crianças cantando para crianças. Mas enquanto se apresentavam, foi possível ver os sonhos ganhando força nas trocas de olhares. As que cantavam puderam ver um outro lado da vida, que nem sempre elas têm contato. E as ouvintes, ganharam forças para superar seus obstáculos. A música proporciona essa troca, e o que nós viemos fazer aqui foi exatamente isso, trazer força e também levar conosco essa mesma força que emanou de cada paciente aqui”, enfatizou o maestro.  

Para a pedagoga e Responsável Técnica da Brinquedoteca do PS, Maria Paes de Barros, que organizou a ação junto a assistente social Suellem Macedo, a missão mais uma vez foi cumprida. “Quando preparamos um evento para nossas crianças do PS, buscamos com isso fortalecê-las de alguma forma. E, graças a Deus e aos parceiros que contribuíram para este grande momento, especialmente a nossa primeira-dama Márcia e ao nosso secretário adjunto Milton Corrêa, pudemos cravar mais um grande gesto de humanização que pode ser comprovado em cada sorriso dos nossos pequenos pacientes”, finalizou Paes de Barros.

 

Fonte: Da Assessoria

Redes Sociais