Senador Wellington toma posse na Academia Brasileira de Medicina Veterinária e homenageia Jonas Pinheiro

Ao ser empossado como membro da Academia Brasileira de Medicina Veterinária, em evento ocorrido no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (29), o senador Wellington Fagundes (PR) fez questão de homenagear o ex-senador Jonas Pinheiro. Médico veterinário e falecido em 2008, Jonas, segundo Fagundes, foi “uma referência na agricultura nacional” e, de forma aguerrida e eficiente, ajudou a impulsionar com as suas ações legislativas o agronegócio brasileiro.
 
Em seu discurso de posse, Fagundes lembrou que Jonas Pinheiro atuou na criação de inúmeras medidas, como deputado federal e depois como senador. “Leis que que até hoje são extremamente importantes para o setor” – frisou, ao destacar a figura do político como “um marco” na história mato-grossense e brasileira nessa área. “Portanto, para mim, como mato-grossense, é uma honra este momento” – frisou. 
 
Além de Jonas Pinheiro, Wellington fez referência também ao mestre Milton Thiago de Mello, cuja luminosa trajetória de vida, estudos e trabalho segundo o senador, se confunde com boa parte da história de lutas e avanços da Medicina Veterinária do nosso País.  Com 103 anos, Milton Thiago, de acordo com Fagundes, enfatizou a importância da vida animal para o bem-estar e a própria sobrevivência da espécie humana, focalizando as zoonoses como sintoma de sérios desequilíbrios entre o homem e a natureza.
 
Wellington enfatizou que a honraria recebida da Academia Brasileira de Medicina Veterinária – que agora o transformou em um “imortal” do segmento – “acarreta um acréscimo” de responsabilidades. Frisou que o Brasil está adentrando em “uma nova e esperançosa quadra de progresso material e desenvolvimento humano”. Ele destacou a importância da Medicina Veterinária para a vocação nacional ao lembrar que mesmo diante do episódio da “Carne Fraca”, que resultou no fechamento de mercados internacionais importantes. o Brasil forneceu, no ano passado, 18% da carne consumida pelo mundo inteiro.  
 
A solenidade de posse de Fagundes como membro da Academia Brasileira de Medicina Veterinária (Abramvet), aconteceu na sede da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), no Rio de Janeiro. Após a cerimônia de posse, a Abramvet e a SNA promoveram seminário sobre o ensino da Veterinária no Brasil. O evento tratou, entre outros assuntos, do registro, distribuição e formação de médicos veterinários no país. Atualmente, contamos com 351 cursos de Medicina Veterinária, sendo 344 presenciais e sete à distância.
 
Fonte: Da Assessoria

Redes Sociais