Governo repassa mais de R$ 6 milhões às UTIs do Estado

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), repassou, mediante Portaria n° 057/2019, aos Fundos Municipais de Saúde, o valor total de R$ 6.229.720.00 (seis milhões duzentos e vinte nove mil e setecentos e vinte reais) que será dividido entre 16 hospitais para custeio mensal de leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e Unidades de Intermediário Neonatal ou em processo de credenciamento junto ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Em Cuiabá, foram contemplados oito hospitais, sendo eles: Amecor (R$ 27.408.64, Femina Hospital Infantil e Maternidade R$ 10.819.20), Hospital de Câncer de Mato Grosso (R$ 204.122.24), Hospital de Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (R$ 56.427.84), Hospital Geral (R$ 619.430.50), Hospital Santa Helena (R$ 687.345.52), Hospital Universitário Júlio Muller (R$ 387.119.22) e Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá (R$ 223.596.80). O Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande também faz parte da lista de unidades comtempladas e vai receber R$ 347.656.96.

Além disso, outros seis municípios de Mato Grosso receberão os recursos para custeio de leitos de UTIs. Em Barra do Garças, o Hospital e Pronto Socorro Municipal P. Morbeck receberá R$ 210.613.76; em Juína, o Hospital Sociedade Juinense de Diagnóstico e Medicina Intensiva receberá R$ 399.100.00; em Tangará da Serra, o Hospital e maternidade Santa Angela receberá R$ 1.104.610.00; em Primavera do Leste, o Hospital das Clinicas receberá R$168.058.24; em Rondonópolis, a Santa Casa receberá R$ 784.976.08 e, no município de Lucas do Rio Verde, o Hospital São Lucas receberá R$ 543.400.00.

O Secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse que os repasses estão sendo normalizados gradativamente. "É importante frisar à população que recebemos a secretaria com mais de R$ 500 milhões em restos a pagar”.

 

Fonte: Da Assessoria

Redes Sociais