ALMT homenageou líderes comunitários de Mato Grosso

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) realizou uma Sessão Solene na sexta-feira (10), no plenário Renê Barbour, para homenagear as lideranças comunitárias do estado, alusiva ao Dia Nacional do Líder Comunitário, que é celebrado em 5 de maio. O evento foi requerido pelo deputado estadual Paulo Araújo (PP). Na solenidade, o parlamentar fez a entrega de 500 moções de congratulações aos homenageados, em reconhecimento aos  serviços prestados.

Paulo Araújo destacou que os lideres comunitários são os pilares de uma democracia popular e uma das principais fontes de inspiração de nossas lideranças políticas. “É o mínimo que a Assembleia pode fazer por esses homens e mulheres que se dedicam com afinco pela comunidade. Estamos aqui hoje homenageando esses líderes comunitários de diversas cidades do estado, é o momento de reconhecer o trabalho gratuito que essas pessoas fazem, buscando melhorias não só para os bairros e suas comunidades como também para Mato Grosso", disse Araújo.

O progressista ressaltou ainda a relação de confiança e colaboração mútua que sempre teve com os lideres comunitários. "Nos dois mandatos como vereador, a relação era baseada no respeito e na independência das opiniões - um dos alicerces do meu mandato. Em todas as oportunidades que tenho, faço questão de destacar os instrumentos utilizados em minhas ações a participaçãoconstante, direta ou indireta, das lideranças comunitárias. Com isso, fazemos o papel da organização comunitária centrada na ação conjunta de cidadão para construir e exigir melhorias para a comunidade de forma coletiva", salientou Paulo Araújo.

O deputado federal Emanuelzinho (PTB) participou da solenidade e falou da importância de valorizar o líder comunitário. "Em todas as esferas de atuação do Poder Público, aquele primeiro que está em contato com a comunidade é o presidente de bairro, é o líder comunitário. Então, naturalmente, é ele que irá receber as demandas e encaminhará aos gestores, aos parlamentares, as pessoas que tem como prerrogativa a realocação dos recursos, as demandas necessárias. É importante essa conexão. Essas pessoas merecem ser parabenizadas. São pessoas que lutam e colocam todo seu suor e seu trabalho à disposição do estado", destacou o parlamentar. 

O presidente da Federação Mato-grossense das Associações de  Moradores de Bairros (FEMAB), Walter Arruda, falou que  as homenagens contemplam significativamente os comunitários. “São pessoas de todo o estado que estão recebendo essa homenagem, gente que trabalha insistentemente pela melhoria da qualidade da comunidade. Agradeço o deputado Paulo Araújo, fico imensamente feliz pela lembrança a cidadãos que trabalham diuturnamente, voluntariamente, para levar qualidade de vida para suas comunidades. O líder comunitário, o presidente da associação, é o elo entre as necessidade da comunidade e quem tem a obrigação de fazer, que são os nossos gestores. O líder comunitário é aquele que faz o bem sem olhar a quem", enfatizou Arruda.

"Temos debatidos muitas ações em audiências e os movimentos comunitários tem crescido muito. Essa homenagem enaltece e fortalece todo o nosso trabalho, o deputado Paulo Araújo lembrou que o dia é 5 de maio é o Dia do líder comunitário e ficamos gratos por isso", disse o presidente da União Coxipoense da Associação de Moradores (UCAM), José Mauricio Pereira, que esteve no evento representando 105 associações filiadas da região sul de Cuiabá, que abrangem mais de 170 mil habitantes.

"São 32 anos de luta no movimento comunitário. Vejo essa homenagem como um grande reconhecimento por todo nosso trabalho. Me sinto extremamente honrado em tê-lo um deputado (Paulo Araújo) oriundo do movimento comunitário. O cidadão precisa de pessoas envolvidas com os trabalhos sociais", destacou  presidente da União Sinopense das Associações de Moradores de Bairro (USAMB), Francisco Antônio de Brito.

O líder comunitário do residencial Buriti, de Sinop, Ari Bispo fez uma correlação dos trabalhos atuais e os de 10 anos atrás. "Existe uma grande diferença do trabalho do líder comunitário antigo. Hoje somos bem mais unidos que antes, em busca de melhorias para o bairro que moramos e também para o estado. Aproveito para parabenizar Paulo Araújo pela atitude e sensibilidade com todos os lideres comunitário", afirmou Ari.

Liderenças femininas - "As mulheres, como presidentes (de bairro) somos  maioria. Somos donas de casa, trabalhamos fora e ainda cuidamos do nosso bairro. A mulher precisa ser mais determinada e ter sensibilidade de lidar com assuntos difíceis, todas nós temos que lutar pelo nosso bairro. A mulher deve se inserir na comunidade, participar buscando demostrar através de suas ações e colaborar com a comunidade”, disse Rosa.

O vereador de Tangará da Serra, que atuou por muitos anos como líder comunitário, Hélio da Nazaré, se disse honrado com a homenagem.  "É um grande reconhecimento, acredito que para todos os presentes. Os líderes comunitários fazem um grande trabalho gratuito, merecem todo esse louvor, pessoas que fazem um trabalho por amor sem ganho nenhum e merecem essa justa homenagem", concluiu o vereador.   

Também estiveram presente no evento, o deputado Wilson Santos (PSDB) e o vereador por Cuiabá, Luís Claudio (PP).

 

Fonte: Da Assessoria

Redes Sociais